CMS Dr: Albert Sabin

Estr. da Gávea, 250 - Gávea, Rio de Janeiro - RJ, 22451-262 ☎ Telefone: (21)3322-4278
Funcionamento: Segunda-feira a Sexta-feira das 08h às 20h - Sábado das 08h às 12h
Direção: Maria Helena Carneiro de Carvalho e Glaucia Cristina de Oliveira

COMO CHEGAR FALE CONOSCO

Serviços e Metas

Acolhimento

Orientações sobre o nosso atendimento.

Saiba Mais

Nossas Metas

Ações em prol de assegurar a saúde com qualidade.

Saiba Mais

Multimídia

Acesso ao conteúdo audiovisual da unidade.

Saiba Mais

Nossa Equipe

Nossos profissionais e território de atuação

Saiba Mais

Postagens Recentes

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

23.01.2017 Visita novo Administrador Reginal

VISITA NO NOVO ADMINISTRADOR REGIONAL

Nesta segunda feira (23.01.17), recebemos a visita do novo Administrador Regional da XXVII R.A Rocinha .


Gláucia, Rommel e Maria Helena



















quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

18.01.2017 Arbovirose, já ouviu falar???

              ARBOVIROSE                

       
           

  •  Dengue: A dengue é uma doença viral transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. No Brasil, foi identificada pela primeira vez em 1986. Estima-se que 50 milhões de infecções por dengue ocorram anualmente no mundo.


  •  Chikungunya: A Febre Chikungunya é uma doença transmitida pelos mosquitos Aedes aegyptie Aedes albopictus. No Brasil, a circulação do vírus foi identificada pela primeira vez em 2014. Chikungunya significa "aqueles que se dobram" em swahili, um dos idiomas da Tanzânia. Refere-se à aparência curvada dos pacientes que foram atendidos na primeira epidemia documentada, na Tanzânia, localizada no leste da África, entre 1952 e 1953. 


  •  Zika: O Zika é um vírus transmitido pelo Aedes aegypti e identificado pela primeira vez no Brasil em abril de 2015. O vírus Zika recebeu a mesma denominação do local de origem de sua identificação em 1947, após detecção em macacos sentinelas para monitoramento da febre amarela, na floresta Zika, em Uganda.


  •  Síndrome gripal: Clinicamente, a doença inicia-se com a instalação abrupta de febre alta, em geral acima de 38°C, seguida de mialgia, dor de garganta, prostração, cefaleia e tosse seca. A febre é, sem dúvida, o sintoma mais importante e perdura em torno de 3 dias. Os sintomas sistêmicos são muito intensos nos primeiros dias da doença. Com a sua progressão, os sintomas respiratórios tornam-se mais evidentes e mantêm-se em geral por 3 a 4 dias, após o desaparecimento da febre. É comum a queixa de garganta seca, rouquidão, tosse seca e queimação retroesternal ao tossir, bem como pele quente e úmida, olhos hiperemiados e lacrimejantes. Há hiperemia das mucosas, com aumento de secreção nasal hialina. O quadro clínico em adultos sadios pode variar de intensidade. Nas crianças, a temperatura pode atingir níveis mais altos, sendo comum o achado de aumento dos linfonodos cervicais. Quadros de bronquite ou bronquiolite, além de sintomas gastrointestinais, também podem fazer parte da apresentação clínica em crianças. Os idosos quase sempre se apresentam febris, às vezes sem outros sintomas, mas em geral a temperatura não atinge níveis tão altos. As situações reconhecidamente de risco incluem doença pulmonar crônica (asma e doença pulmonar obstrutiva crônica – DPOC), cardiopatias (insuficiência cardíaca crônica), doença metabólica crônica (diabetes, por exemplo), imunodeficiência ou imunodepressão, gravidez, doença crônica renal e hemoglobinopatias. As complicações são mais comuns em idosos e indivíduos vulneráveis. As mais frequentes são as pneumonias bacterianas secundárias, sendo geralmente provocadas pelos seguintes agentes: Streptococcus pneumoniae,Staphylococcus ssp. e Haemophillus influenzae.

                     


                                                 
                                 
                                 CHIKUNGUNYA


 DENGUE














ZIKA













12/01/2017 Auriculoterapia

Auriculoterapia


1. O que é a Auriculoterapia?

A auriculoterapia chinesa faz parte de um conjunto de técnicas terapêuticas, que tem como base os preceitos da Medicina Tradicional Chinesa (MTC). Acredita-se que tenha sido desenvolvida juntamente com a acupuntura sistêmica (corpo), que é, atualmente, uma das terapias orientais mais populares em diversos países e tem sido amplamente utilizada na assistência à saúde, nos aspectos preventivos e curativos (Landgren,2008). Nas últimas décadas, a técnica vem se difundindo por todo o mundo em função da crescente aceitabilidade pelas comunidades científicas, após estudos que vem sendo realizados sob uma perspectiva ocidental, com métodos de investigação modernos (WHO, 1999).

2. Indicações e vantagens da Auriculoterapia
A auriculoterapia tem sido muito eficaz como tratamento. Os distúrbios que são mais tratáveis com auriculoterapia incluem problemas musculoesqueléticos, como articulações dos joelhos, ombro, tornozelo; distúrbios hormonais, sintomas associados à menopausa; distúrbios da tireoide e problemas menstruais; doenças que afetam os órgãos, tais como úlceras gástricas, asma e alergias, e problemas digestivos, para citar alguns. Especificamente, a orelha é um excelente local para tratar qualquer problema que tem um componente de dor, como dor lombar, dores de cabeça, problemas de pele (dermatites), problemas neurológicos e vasculares, tais como esclerose múltipla e hipertensão arterial. Problemas emocionais e ansiedade também são satisfatoriamente tratados por este método (Abatte, 2004).
Nogier afirma que a auriculoterapia tem quatro principais usos: (1) na presença de dor, incluindo dor do câncer extremo; herpes zoster diagnosticada no início; (2) para problemas emocionais que envolvem o sistema nervoso central; (3) torna os pacientes mais sensíveis à terapia medicamentosa, alterando o metabolismo, aumentando assim a absorção e eliminação; (4) e pode ser usado para tratar eficazmente vícios (Nogier, 2009).
Segundo Abatte (2004), além de sua eficácia clínica, há outras características que tornam o emprego da auriculoterapia uma valiosa opção. Eles incluem os seguintes itens:

















  • 1 - A auriculoterapia é fácil de aprender e dominar;
  • 2 - Os instrumentos de auriculoterapia são acessíveis em termos de preços, independente dos diferentes tipos de materiais selecionados para o tratamento (agulhas, sementes, esferas etc); o equipamento necessário para a auriculoterapia é mínimo e relativamente barato;
  • 3 - Pode ser usada como uma modalidade exclusiva e independente ou como adjunta de alguma outra terapia, potencializando ou mantendo seus resultados;
  • 4 - Os resultados obtidos a partir auriculoterapia são rápidos, eficazes e já testados há pelo menos 2.500 anos;
  • 5 - A auriculoterapia é uma técnica relativamente não-invasiva fácil de ser administrada e que promove a adesão do paciente por meio do autotratamento;
  • 6 - A menos que seja utilizada de forma inadequada, a auriculoterapia não incorre em efeitos secundários negativos;
  • 7 - Tem uma ampla gama de aplicabilidade em inúmeras condições clínicas, incluindo o diagnóstico, tratamento e prevenção da doença;
  • 8 - Como a acupuntura sistêmica, a auriculoterapia pode ser utilizada para o tratamento de doenças dos órgãos internos, musculoesqueléticas e problemas emocionais. A auriculoterapia é particularmente eficaz para o tratamento de dor, inflamação e doenças de pele e pode tratar tanto a doença aguda quanto a crônica;
  • 9 - Pode ser usada com sucesso para praticamente qualquer condição clínica e produzir, pelo menos, uma taxa de sucesso de 90 %.
  • 10 - Como a acupuntura sistêmica, se aplicada corretamente, a auriculoterapia estimula o organismo a curar-se de acordo com a os princípios de equilíbrio Yin e Yang e promove a função adequada dos órgãos.

Procure sua unidade de saúde para maiores informações.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

04-01-2017 DIA DO HEMOFÍLICO

A ORIGEM DA DATA

No Brasil comemora-se o Dia do Hemofílico no dia 04/01, dia do falecimento do cartunista, desenhista, jornalista e escritor brasileiro, Henrique de Souza Filho, o Henfil.

Henfil morreu, em 1988, aos 43 anos, no Rio de Janeiro. Hemofílico (como seus dois irmãos, o sociólogo Betinho e o músico Francisco Mário), o Henfil contraiu AIDS em uma transfusão de sangue, ocorrência comum na época, já que havia ainda pouco conhecimento sobre a doença e a necessidade de cuidados específicos para preveni-la.

É importante ressaltar que essa data é popular, para a reflexão dos brasileiros a respeito da importância da doação de sangue, pois o Dia Internacional da Hemofilia é o dia 17/04.





Hemofilia é uma doença genético-hereditária que se caracteriza por desordem no mecanismo de coagulação do sangue e manifesta-se quase exclusivamente no sexo masculino.
Existem dois tipos de hemofilia: A e B. A hemofilia A ocorre por deficiência do fator VIII de coagulação do sangue e a hemofilia B, por deficiência do fator IX.
A doença pode ser classificada, ainda, segundo a quantidade do fator deficitário em três categorias: grave (fator menor do que 1%), moderada (de 1% a 5%) e leve, acima de 5%. Neste caso, às vezes, a enfermidade passa despercebida até a idade adulta.
Causa
O gene que causa a hemofilia é transmitido pelo par de cromossomos sexuais XX. Em geral, as mulheres não desenvolvem a doença, mas são portadoras do defeito. O filho do sexo masculino é que pode manifestar a enfermidade.
Diagnóstico
Além dos sinais clínicos, o diagnóstico é feito por meio de um exame de sangue que mede a dosagem do nível dos fatores VIII e IX de coagulação sanguínea.
Sintomas
Nos quadros graves e moderados, os sangramentos repetem-se espontaneamente. Em geral, são hemorragias intramusculares e intra-articulares que desgastam primeiro as cartilagens e depois provocam lesões ósseas. Os principais sintomas são dor forte, aumento da temperatura e restrição de movimento. As articulações mais comprometidas costumam ser joelho, tornozelo e cotovelo.
Os episódios de sangramento podem ocorrer logo no primeiro ano de vida do paciente sob a forma de equimoses (manchas roxas), que se tornam mais evidentes quando a criança começa a andar e a cair. No entanto, quando acometem a musculatura das costas, não costumam exteriorizar-se.
Nos quadros leves, o sangramento ocorre em situações como cirurgias, extração de dentes e traumas.
Tratamento
O tratamento da hemofilia evoluiu muito e, basicamente, consiste na reposição do fator anti-hemofílico. Paciente com hemofilia A recebe a molécula do fator VIII, e com hemofilia B, a molécula do fator IX. Os hemocentros distribuem gratuitamente essa medicação que é fornecida pelo Ministério da Saúde.
Quanto mais precoce for o início do tratamento, menores serão as seqüelas que deixarão os sangramentos. Por isso, o paciente deve ter em casa a dose de urgência do fator anti-hemofílico específico para seu caso e ser treinado para aplicá-la em si mesmo tão logo apareçam os primeiros sintomas.
Deve também fazer também aplicações de gelo, no mínimo, três vezes por dia, por 15 ou 20 minutos, até que a hemorragia estanque.
Vencida a fase aguda, o portador de hemofilia deve ser encaminhado para fisioterapia a fim de reforçar a musculatura e promover estabilidade articular.
Recomendações
* Os pais devem procurar assistência médica se o filho apresentar sangramentos frequentes e desproporcionais ao tamanho do trauma;
* Manchas roxas que aparecem no bebê, quando bate nas grades do berço, podem ser um sinal de alerta para diagnóstico da hemofilia;
* Os pais precisam ser orientados para saber como lidar com o filho hemofílico e devem estimular a criança a crescer normalmente;
* A prática regular de exercícios que fortaleçam a musculatura é fundamental para os hemofílicos. No entanto, esportes como judô, rúgbi e futebol são desaconselhados;
* Episódios de sangramento devem receber tratamento o mais depressa possível para evitar as sequelas musculares e articulares causadas pela hemorragia.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

28/12/2016 DENGUE, ZIKA E CHICUNGUNYA

Se você agir podemos evitar, juntos somos mais fortes contra o Aedes Aegypti 


  • Cuide da sua casa
  • Converse com seu vizinho
  • Acesse a Prefeitura

Transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença viral que se espalha rapidamente no mundo. Nos últimos 50 anos, a incidência aumentou 30 vezes, com ampliação da expansão geográfica para novos países e, na presente década, para pequenas cidades e áreas rurais. É estimado que 50 milhões de infecções por dengue ocorram anualmente e que aproximadamente 2,5 bilhões de pessoas morem em países onde a dengue é endêmica.


DENGUE

O que é Dengue: A dengue é uma doença viral transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. No Brasil, foi identificada pela primeira vez em 1986. Estima-se que 50 milhões de infecções por dengue ocorram anualmente no mundo.
Como prevenir: Ainda não existe vacina ou medicamentos contra dengue. Portanto, a única forma de prevenção é acabar com o mosquito, mantendo o domicílio sempre limpo, eliminando os possíveis criadouros. Roupas que minimizem a exposição da pele durante o dia, quando os mosquitos são mais ativos, proporcionam alguma proteção às picadas e podem ser adotadas principalmente durante surtos. Repelentes e inseticidas também podem ser usados, seguindo as instruções do rótulo. Mosquiteiros proporcionam boa proteção pra aqueles que dormem durante o dia (por exemplo: bebês, pessoas acamadas e trabalhadores noturnos).
Sintomas:

Zika

O que é o Zika: O Zika é um vírus transmitido pelo Aedes aegypti e identificado pela primeira vez no Brasil em abril de 2015. O vírus Zika recebeu a mesma denominação do local de origem de sua identificação em 1947, após detecção em macacos sentinelas para monitoramento da febre amarela, na floresta Zika, em Uganda.
Como previnir: ›Utilize telas em janelas e portas, use roupas compridas – calças e blusas – e, se vestir roupas que deixem áreas do corpo expostas, aplique repelente nessas áreas.

›Fique, preferencialmente, em locais com telas de proteção, mosquiteiros ou outras barreiras disponíveis. 
›Pratique sexo seguro 
Sintomas:
Chicungunya

O que é o Chicungunya: A Febre Chikungunya é uma doença transmitida pelos mosquitos Aedes aegyptie Aedes albopictus. No Brasil, a circulação do vírus foi identificada pela primeira vez em 2014. Chikungunya significa "aqueles que se dobram" em swahili, um dos idiomas da Tanzânia. Refere-se à aparência curvada dos pacientes que foram atendidos na primeira epidemia documentada, na Tanzânia, localizada no leste da África, entre 1952 e 1953. 
Como previnir: Assim como a dengue, é fundamental que as pessoas reforcem as medidas de eliminação dos criadouros de mosquitos nas suas casas e na vizinhança. Quando há notificação de caso suspeito, as Secretarias Municipais de Saúde devem adotar ações de eliminação de focos do mosquito nas áreas próximas à residência e ao local de atendimento dos pacientes.
Sintomas:

Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde e
não tomar medicamentos por conta própria. Dor abdominal intensa e vômitos persistentes são sinais de alarme na dengue. Fique atento!



Fonte: http://combateaedes.saude.gov.br/pt/tira-duvidas







quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

21ª Parada do Orgulho LGBT em Copacabana - Rio de Janeiro

O CMS  Dr Albert Sabin também participou do evento com ações de  promoção e prevenção para saúde com informes e distribuição de material educativo e de preservativos.


Parada do Orgulho LGBT ou simplesmente Parada do Orgulho Gay são uma série de eventos de ações afirmativas para  a comunidade LGBT que comemoram o orgulho e a cultura de lésbicasgaysbissexuais e transgêneros (LGBT). Os eventos também, por vezes, servem como manifestações contra a homofobia e por direitos iguais, como o casamento entre pessoas do mesmo sexo. A maioria destes eventos ocorrem anualmente e muitos ocorrem por volta de junho para comemorar a rebelião de Stonewall, um momento crucial nos movimentos civis LGBT modernos.




No Brasil, a Parada do orgulho LGBT de São Paulo acontece na Avenida Paulista, no município de São Paulo, desde 1997. No ano de 2006, foi nomeado o maior parada do orgulho LGBT do mundo pelo Guinness World Records. A parada e seus eventos associados são organizados pela Associação da Parada do Orgulho de Gays, Lésbicas, Bissexuais e Travestis e Transsexuais, desde a sua fundação em 1999. A marcha é a atividade principal do evento e aquela que atrai o maior atenção da imprensa, autoridades brasileiras e de centenas de milhares de pessoas curiosas que se alinham ao longo da rota do desfile.
A segundo maior parada do orgulho gay no Brasil é a do Rio de Janeiro que atrai cerca de 2 milhões de pessoas e acontece, tradicionalmente, na Zona Sul ou em bairros mais ricos, entre o centro da cidade e as praias oceânicas mundialmente famosas. A de Janeiro Gay Pride Parade Rio e seus eventos associados são organizados pela ONG Arco-Íris. O grupo é um dos fundadores da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais.
Outros desfiles acontecem ao redor do país. Na região Sudeste, são realizados em Cabo Frio (Rio de Janeiro), Campinas (São Paulo), Vitória(capital do Espírito Santo) e em Belo Horizonte Uberaba (Minas Gerais). Na região Sul, ocorrem em CuritibaFlorianópolisPorto Alegre e Pelotas. No Centro-Oeste, em Campo GrandeCuiabáGoiânia e Brasília. No Nordeste, estão presentes em todas as capitais regionais (SalvadorAracaju,MaceióRecifeJoão PessoaNatalFortalezaTeresina e São Luis) e também no interior, como em Juazeiro do Norte. As paradas do orgulho LGBT da região Norte acontecem em  Belém,Macapá,Boa Vista e Manaus.
Fonte: Wikipédia








Natal do CMS DR ALBERT SABIN


Mais um ano chega ao fim, mais uma vez o espírito de Natal chega para suavizar os nossos dias, e trazer brilho e alegria para as nossas vidas.

Somos gratos e felizes por ter vivido mais este ano, e por ter tido a oportunidade de aprender e crescer, como profissionais e pessoas. 

O nosso pedido especial para o próximo ano que se inicia é que a energia e as boas vibrações encham os nossos corações com o amor do Natal, e permaneçam sempre em nossas vidas. 
Tenham um Natal muito Feliz e um Ano Novo pleno de realizações! Muito sucesso, paz, amor e saúde a todos.































































Infográfico

6 Equipes de Saúde
em nossa unidade.
99999999 Metros Quadrados
é o tamanho da nossa área de abrangência.
24.000 Usuários
beneficiados por nossa unidade.

Como eu Faço

Regimento
Como eu faço
Conheça esta história
História contada por um ACS
Saúde nas Escolas
Integração com as escolas e creches locais.
Protagonismo Juvenil
Grupo de adolescentes que apóiam as ações de promoção da saúde existentes na unidade.
Integração
Saúde da Família e Vigilância em Saúde.
Integração
Ensino-Serviço-Comunidade
Academia Carioca
Processo de trabalho e os principais resultados obtidos pelos educadores físicos.

Contato

Fale Conosco

Entre em contato com nossa unidade, fale com nossos profissionais e tire suas dúvidas quanto aos nossos programas

Endereço

Estrada da Gávea, 250 - Gávea, Rio de Janeiro - RJ, Cep:22451-264

Funcionamento

De Segunda a Sexta das 08h às 20h | Sábado das 08h às 12h

Telefone

(21)3322-4278

Tecnologia do Blogger.